Translate

Translate

domingo, 26 de abril de 2009

A MINHA VIA ALGARVIANA V

Sexta - feira - 10/04/2009


5º dia


Marmelete-Cabo S.Vicente (Sagres)


Durante grande parte da noite choveu bastante, o que não impediu alguns companheiros de terem chegado do jantar lá pelas 3 horas da madrugada bastante alegres, acordando o pessoal que estava a descansar. De referir que o medronho da zona é de muito boa qualidade e que pela manhã os foliões da noite anterior teriam preferido dormir até ás tantas mas, lá se levantaram e fomos tomar o pequeno-almoço ainda a chuviscar pelo que atrasamos um pouco a partida pois começámos a pedalar pelas 9,30 horas, tudo levava a crer que no último dia iríamos apanhar chuva mas assim que começámos a descer em altitude e o sol apareceu e no final o vento soprou sempre como é normal naquela zona. Esta etapa era a mais longa mas também a mais plana pelo que foi feita nas calmas e em confraternização, com paragem para a já habitual bifana para retemperar forças num ambiente bastante alegre lá fomos até ao final, entre fotos para a posterioridade aqui e ali. O "Vamos todos juntos" foi ouvido por todo o percurso e hoje foi levado a peito por todos sim senhor. Chegamos por volta das 15,30 horas com 80 kilómetros em 4,55 horas.
Sem dúvida uma experiência maravilhosa,uma paisagem natural de ficar horas a olhar e que é preciso cuidar para que todos a possam desfrutar, a amizade foi espontanêa, e os momentos únicos, A todos os companheiros desta aventura pela oportunidade de ter podido partilhar estes 5 dias na sua companhia, Á Almargem por nos ter dado a possibilidade de realizar a via algarviana o meu Obrigado. Até lá ....
Façam o favor de ser felizes.


































2 comentários:

Sport Clube de Benafim disse...

boa aventura!!! O Nosso Algarve tem muito por descobrir!!! Gd abraço Deni

FDias disse...

Obrigado pela reportagem desta nossa aventura. Apenas um mês passado e as saudades que sinto, destes belos 5 dias, parecem de há um ano ou mais.
Realmente o outro Algarve está recheado de beleza natural, queiramos nós saber preservá-lo e valorizá-lo para poder mostrar a todos os que nos visitam e que têm sensibilidade para apreciar toda esta beleza e cultura serrana.

Cumprimentos e um abraço de outro algarviano; Fernando Dias